Roberto Alban

Rosa Bunchaft

Nápoles, 1967
Vive e trabalha em Salvador, Bahia


Brasileira filha de exilados políticos, nasceu em 1967, em Napoli, Itália, onde viveu até que seus pais pudessem regressar ao Brasil, no fim da ditadura. Vive em Salvador há 33 anos. Com uma formação pregressa em física, começou a carreira artística mais tarde, concluindo em 2011 a Licenciatura na Escola de Belas Artes da UFBA e ingressando no mestrado em Artes Visuais em 2012. Desenvolve uma pesquisa teórico-prática envolvendo projetos fotográficos e audiovisuais experimentais, e em especial, usando a Camera Obscura como estratégia poética que articula fotografia artesanal, corpo e cidade. Na Bahia, sua produção autoral surgiu na cena artística a partir de 2012, participando da XI Bienal do Recôncavo e dos Salões Regionais de Artes Visuais, onde foi contemplada com um prêmio. Em 2013 realizou a primeira individual na Galeria ACBEU. Poucos meses depois é contemplada com um segundo prêmio, desta vez em âmbito nacional, no XIII Salão Nacional de Artes de Itajaí, em SC.
Entre 2012 e 2013 participou em Salvador das coletivas: Desenho Contemporâneo na Galeria Canizares;Câmeras Lúcidas na Galeria do Goethe Institut - ICBA; Fronteiras da Abstração no Palacete das Artes – Museu Rodin (as três no âmbito do Circuito das Artes); Esquizópolis, no Museu de Arte Moderna - MAM BA; Festival de Artes Visuais VISIO, no Espaço Bahvna; Imagem e Corpo Performativo, no âmbito do XIX Colóquio Franco Brasileiro de Estética, na Galeria Canizares da UFBA; Outros mundos, Outras histórias no Museu de Arte Moderna;  II e III Mostra de Performance, ambas na Galeria Canizares da UFBA e Humanos Direitos, no Museu Geológico da Bahia. Atuou na coordenação e concepção de projetos de inclusão visual envolvendo oficinas de fotografia artesanal em comunidades, e além de expor, tem adquirido uma formação complementar em oficinas e cursos com Miguel Chikaoka, Francisco Moreira da Costa, Lena Bergstein, Suzana Queiroga, Cao Guimarães, Renata Lucas, Coletivo Garapa, Zaven Paré, Olaf Stüber, Lucas Bambozzi, Dália Rosenthal, Fernando Oliva, Janaína Mello, Danillo Barata, Gaio Matos, Alejandra Muñoz e Josué Mattos, dentre outros.