Roberto Alban Galeria

Artistas Artista

Alvaro Seixas

Poetas, perversos e outras tragédias

Felipe Scovino

Todo artista cria uma atmosfera, uma história ou um ambiente para a criação de seu trabalho. Ou ainda uma linha de coerência que se reflete na investigação do material (cito os casos de Sergio Camargo e Amilcar de Castro) ou na ampliação dos limites do suporte (seria o caso de Hélio Oiticica e o seu estudo sobre a pintura, chegando inclusive a tridimensionaliza-la e torna-la tátil como são os seus “Penetráveis”).

O artista como impostor

Felipe Scovino

Alvaro Seixas aborda francamente o problema: a maior parte de suas telas é indicativa de um lugar, de uma referência que transita entre o suprematismo, o expressionismo abstrato, o minimalismo e pós-minimalismo.

Um estranho olhar Um estar no olhar

Marcus de Lontra Costa

Para a arte moderna a imagem da pintura é o instrumento da Verdade. Para a arte contemporânea a verdade não interessa – a imagem da pintura é o fantasma de sua própria realidade, espaço ambíguo onde o real e o virtual se encontram e se estranham