Roberto Alban Galeria

Artistas Artista

Elizabeth Jobim

Negar a firmeza precária das coisas

Paulo Sergio Duarte

Passa um vento pelos rochedos vazados. São notícias do vazio no qual se transformou toda profundidade. Vento que desmancha até mesmo as pedras. Desfaz o desenho e acaba com a rigidez do mundo. É preciso negar a firmeza precária das coisas para reconstituí-la na realidade da arte.

Moradas

Felipe Scovino

Escrever sobre os legados do neoconcretismo na arte brasileira tem sido uma constante nos últimos anos. Temas como arte e vida, geometria sensível e organicidade viraram recursos infalíveis desse atravessamento temporal e estabeleceram um modelo para a passagem entre modernidade e contemporaneidade nas artes visuais brasileiras.

Arquiteturas Imaginárias

Luiz Camillo Osorio

A opção pela pintura, ou melhor, pela tela é recente na obra de Elizabeth Jobim. Até bem pouco tempo, era o papel o suporte mais freqüente. Com ele, sua linha fluía com mais desenvoltura e a forma arrumava-se quase que por acomodação orgânica.