Roberto Alban Galeria

Espiral Contínua

Pedro David

Exposição04/Março até 04/Abril, 2016

A Bahia recebe exposição do premiado fotógrafo mineiro Pedro David “Espiral Contínua” é o título da mostra que trata a preocupação do artista com o meio ambiente.

O instigante e premiado trabalho do fotógrafo mineiro Pedro David poderá ser visto em Salvador na Roberto Alban Galeria a partir do dia 3 de março para convidados e do dia 04 de março para o público na exposição “Espiral Contínua”. Integram a mostra cerca de 37 fotografias das principais séries desenvolvidas pelo artista em quase 20 anos de carreira.

A relação do homem com o ambiente seja este natural ou urbano, e o vínculo dessa relação com suas vivências pessoais é a temática apresentada na exposição por esse fotógrafo mineiro que é um dos mais premiados do Brasil da sua geração nos últimos anos.

“Falo da condição humana hoje em dia, de um contexto acelerado, com gente demais, que cresce e avança sobre a natureza... Fui morar fora da cidade em busca de mais espaço, para viver em um ritmo mais orgânico e refletir sobre a situação do homem contemporâneo”, explica o fotógrafo.

Entre várias conquistas, Pedro David exibe em seu currículo o Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger, Prêmio Fundação Conrado Wessel de Arte, XII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia, duas edições dos Prêmios de Arte Contemporânea do Itamaraty e do Museu da República, o Situações, e o prêmio internacional o Nexo Photo, da Espanha, além de ter realizado inúmeras mostras individuais e coletivas no Brasil e exterior. Exemplares dos seus trabalhos integram hoje importantes coleções, como a do Musée du Quai Branly (Paris/França) e Museu de Arte Moderna (São Paulo/Brasil), Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul, Museu de Arte de Santa Catarina, e outros.
Na exposição em Salvador, constarão fotografias da série Madeira de Lei – Sufocamento que, de tão fortes, as imagens já receberam vários prêmios. Entre eles o Conrado Wessel, Prêmio Itamaraty de Arte, o prêmio Arte Pará e acabaram de ser selecionadas para a 16ª Bienal Internacional de Fotografia e Mixed Media Arts de Houston (EUA), o Fotofest, que acontece em março e abril de 2016, e tem como tema central o slogan “Mudando Circunstâncias - Olhando o futuro do planeta”.

Foram escolhidos 32 artistas de nove países. Do Brasil, apenas dois: Pedro David e Vik Muniz.

Ao apresentar a mostra, o curador Marcelo Campos enfatiza o caráter pessoal da obra do fotógrafo, mas pontua também a beleza extraída de composições onde a luz cria nuances em meio a diferentes texturas, ressaltando, por exemplo, as árvores da série Madeira de Lei, “que parecem intrusas na regularidade das plantações de eucalipto. São árvores solitárias, sobreviventes nativas, lutando por permanência na intromissão do campo de eucaliptos que muda o ecossistema”, assinala.

Esta é segunda individual de Pedro David na Bahia. A primeira realizada no Museu de Arte Moderna, fruto do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger. “Desta vez minha expectativa é enorme, pois fizemos uma seleção que contempla trabalhos de diversas épocas de minha trajetória”. A galeria é linda, tem um espaço incrível que acho que vai abrigar muito bem cada um destes trabalhos. Além disso, é a primeira vez que mostro imagens da série Terra Vermelha. Apresento três obras grandes desta série que ficaram muito fortes”, observa.

Integram a mostra as séries “Rota Raiz” (a primeira desenvolvida pelo fotógrafo), “Coisas Caem do Céu”, “Madeira de Lei” e “Terra Vermelha”.

Serviço
Mostra: Espiral Contínua/ Pedro David
Abertura: 03/03/2015, às 20 horas.
Visitação: 04/03 a 04/04 de 2016 (seg a sex, 10h às 19h; sáb, 10h às 13h)
Local: Roberto Alban Galeria
Endereço: Rua Senta Pua, 53, Ondina Tel. 3243-3982/ 3326-5633.

Assessoria de Imprensa
Companhia de Comunicação
Tels: 3247-5851/988921119 (Antonio Moreno)/

Rua Senta Pua, 53 - Ondina - Salvador - BA, 40170-180 Tel:(71) 3243-3982 | 3326-5633 robertoalbangaleria@gmail.com