Roberto Alban Galeria

SP ARTE 2019

Preview 03/Abril

Período03/Abril à 07/Abril, 2019

Obras

Falves Silva

Cacimba, Rio Grande do Norte, 1905
Vive e trabalha no Rio Grande do Norte

Um dos pioneiros do movimento Poema/Processo e da Arte Correio, Falves Silva, que desde Natal trava um diálogo intenso com Moacyr Cirne, Wlademir Dias Pino, Alvaro de Sá e Neide Sá fazendo parte da Mostra inaugural do movimento em 1967, que acontece simultaneamente no Rio e em Natal. Falves Silva, tendo o papel como suporte, desenvolve trabalhos que dialogam com o construtivismo, com a literatura, o cinema e a historia em quadrinhos; manipulando estruturas comunicativas e imagens da história da arte e da comunicação de massa, o artista cria sua obra diversificando a abordagem e o tratamento dos materiais que elegeu. Em 1974 Falves é convidado para I Exposição Internacional de Arte Correio no Uruguai. A partir de 1978 participa de diversas exposições de caráter internacional quando faz parte da Homage to Marcel Duchamp 1887-1978 em Londres, em 1979 Exposição Internacional de Arte Correio, curadoria Paulo Bruscky, em Recife/Pe, The Mytical Image , organizada por Gino Gini com intinerância em várias cidades da Itália. Já em 1981 participa da XVI Bienal de SP, curadoria Walter Zanini. Também em 1981 faz parte da mostra Internacional de Arte Contemporânea na Argentina. Nesse mesmo ano realiza o I Seminário de Semiótica e Arte em Natal. Em 1986 I Bienal de Poesia Visual no México. Em 1999 diversas exposições de Poesia Visual e Arte Correio, em países como Uruguai, Portugal, Espanha e Itália. Em 2002 com curadoria de Regina Vater participa da Brazilian Visual Poetry em Austin, Texas, EUA. Em 2016 o artista tem sua exposição individual, realizada no Centro Cultural São Paulo, Círculo do Tempo, uma retrospectiva da sua carreira.